Lajes treliçadas: Processo executivo e pontos importantes - Giassi Ferro e AçoGiassi Ferro e Aço
Vantagens de usar ferro e aço em vez de madeira
13 de agosto de 2018
Qual a composição do aço inox?
24 de agosto de 2018

Lajes treliçadas: Processo executivo e pontos importantes

Lajes treliçadas são um tipo de laje pré-fabricada e que podem ser uma boa opção para reduzir custos na hora de construir.

Mas como qualquer construção, é preciso iniciar um projeto em que estejam definidos vários elementos importantes, como: armação de placas de concreto, altura da laje, resistência do concreto e o posicionamento dos escoramentos.

Somente um projeto estrutural mostrará as necessidades estruturais de cada construção e um profissional irá avaliar tudo antes da obra.

Componentes das lajes treliçadas

  • Placa de concreto: largura média de 12 cm e espessura de 3 cm;
  • Treliça de aço fixada na placa de concreto;
  • Armação complementar com barras de aço na placa de concreto;
  • Enchimento: placas de isopor ou lajotas cerâmicas;
  • Capeamento de concreto que é executado na própria obra;
  • Armadura de distribuição e negativa.

Vantagens das lajes treliçadas

  • Pode vencer grandes vãos de até 12 metros.
  • Tem capacidade para aguentar grandes cargas.
  • Lajes treliçadas são mais leves e causam menos carga na estrutura da construção.
  • Usa menos escoramentos que as lajes convencionais.
  • O número de formas também é bastante reduzido.
  • Pela redução de escoras e formas diminui-se também a mão de obra.
  • Fácil distribuição de tubulações elétricas e hidráulicas.
  • Boa recepção térmica e acústica.
  • Agilidade no processo de construção: alguns componentes das lajes treliçadas são fabricados fora da obra e outros executados na própria construção.

Pontos importantes para o sucesso da construção:

  1. Contrate profissional especializado: o conhecimento do profissional contratado fará toda a diferença na análise da construção e elaboração do projeto estrutural de qualidade.
  2. Escolha fornecedores de confiança: as lajes treliçadas possuem componentes essenciais para a estrutura da construção e os fornecedores devem ser capazes de entregar o material de acordo com o projeto elaborado.
  3. Projeto estrutural de qualidade: é o projeto que dará o ponto de partida para a compra das lajes treliçadas e a execução do projeto.
  4. Correta execução: o projetista deve acompanhar a execução das lajes treliçadas para evitar problemas. E a mãe de obra utilizada deve ser capaz de seguir o projeto à risca.

Etapas do processo de execução:

  1. Verificação das medidas dos vãos de cada cômodo.
  2. Armazenamento dos materiais em local adequado: ou seja, limpo, arejado e livre de impactos e acidentes. É preciso conferir com o projetista, profissional que irá executar o serviço e ou fabricante o limite de empilhamento de cada viga.
  3. Montagem do escoramento: pode ser metálico ou de madeira e deve ser apoiado em solo firme e estar bem nivelado. Essa etapa é importante, pois acontece antes da concretagem.
  4. Posicionamento das placas treliçadas: confira no projeto qual é a indicação do posicionamento das placas treliçadas, bem como o sentido das vigotas e espaçamento entre elas.
  5. Em seguida, faça o posicionamento do enchimento.
  6. Nessa etapa, confira quais as indicações no projeto estrutural na hora de fazer a instalação das armaduras de distribuição e negativa.
  7. Concretagem das lajes treliçadas.
  8. E por último, realizar a cura do concreto. Nos primeiros dias, mantenha a laje úmida. Isso garantirá a boa resistência da laje e diminuirá as fissuras.

Não se esqueça de antes de iniciar a construção das lajes treliçadas, começar pelos pontos importantes indicados anteriormente. Você obterá um excelente resultado e evitará inúmeros problemas na obra!