Fatores importantes para manter a segurança na obra

O sucesso de uma obra está intimamente ligado a segurança dos trabalhadores contratados. Promover condições seguras de trabalho é tão importante que é um dos fatores essenciais envolvendo as fiscalizações dos canteiros.

O setor de construção civil, em especial, exige cuidados especiais e preventivos com os trabalhadores. Tais cuidados devem ser observados com o objetivo de resguardar a integridade física dos funcionários. No entanto, eles também devem ser cumpridos como forma de reduzir os custos gerais da obra.

Acompanhe abaixo alguns fatores que deverão fazer parte do planejamento de sua obra e garantir a segurança de todos.

EPI (Equipamentos de proteção individual)

Os acidentes mais comuns que envolvem os trabalhadores da construção civil são quedas, soterramentos e ocorrências envolvendo energia elétrica desde choques leves até eletrocussões fatais.

Assim, o uso e manutenção dos equipamentos de proteção individual são medidas básicas para manter a segurança dos trabalhadores. Os responsáveis pela obra devem fornecer os EPIs pertinentes e treinamento específico para seus usos em cada obra.

Além disso, é necessário que o mestre de obras realize uma supervisão minuciosa para garantir que todos estejam devidamente equipados. Os equipamentos de segurança dos trabalhadores devem ser repostos ou substituídos sempre que necessário.

Para cada obra, há EPIs específicos. Os mais comuns são luvas, botas, capacetes, coletes, óculos especiais, protetores auriculares, lanternas, etc.

Os trabalhadores que desempenham suas funções em lugares com altura superior a dois metros precisam de EPIs específicos. Essas medidas de segurança estão dispostas na NR 35 do Ministério do Trabalho.

Campanhas de conscientização dos trabalhadores quanto ao uso de EPIs também são fundamentais para manter a segurança na obra. Incentive o uso, promova palestras de segurança e treinamentos preventivos periódicos.

Máquinas, ferramentas e equipamentos

Há funções que exigem o manuseio de máquinas, ferramentas e outros equipamentos, como a operação de guindastes, serras elétricas, empilhadeiras, britadeiras, entre outros.

Os trabalhadores que desempenham essas funções devem receber treinamento especializado e certificado de habilitação para o manuseio destes equipamentos. Além disso, devem sempre fazer uso dos EPIs exigidos para que permaneçam seguros durante a jornada de trabalho.

É importante que os equipamentos passem por manutenções periódicas preventivas para que estejam constantemente em perfeitas condições de uso.

Obra sinalizada adequadamente

O canteiro de obras deve estar sinalizado adequadamente para manter os trabalhadores seguros durante a jornada.

Faça uso de placas que indiquem perigo e sinalizadores que permitam que os funcionários saibam as condições do local. Adesivos que indiquem instruções de uso ou alertas de risco de acidentes devem estar presentes por todo canteiro de obras.

Descarte correto dos resíduos da obra

A limpeza do canteiro de obra, bem como o descarte correto dos resíduos da construção devem ser realizados adequadamente.

Essas medidas de segurança previnem acidentes tanto com os trabalhadores como com as adjacências da obra. Contaminações de solo e água são perigosas e devem ser prevenidas a qualquer custo.

A supervisão dos trabalhadores deve sempre ser pautada pela educação e informação. Os cuidados com cada função são importantes para a segurança de todos.