O impacto da construção civil no meio ambiente

Existe um intenso impacto da construção civil no meio ambiente. Como informa o Ministério do Meio ambiente, o Conselho Internacional da Construção (CIB) aponta que o setor é o que mais consome recursos naturais.

Para se ter uma ideia, a estimativa é que 50% dos resíduos sólidos gerados pelas atividades humanas sejam da construção civil.

Desperdício de recursos

Muitos são os resíduos gerados durante uma construção. No entanto boa parte não será reutilizada, sendo descartada em depósitos de lixo. Ou em terrenos baldios de forma incorreta.

Restos de concreto, tijolos quebrados, madeiras, ferro e tantos outros materiais que poderiam ganhar um novo ciclo de vida.

Mudança necessária

Com tal impacto, se tornou cada vez mais necessário desenvolver a construção sustentável, conceito moderno da engenharia civil.

O conceito

O objetivo da construção sustentável é usar o mínimo de recursos naturais, usar tecnologias ecológicas e direcionar um maior cuidado com o descarte final dos resíduos.

O conforto para os usuários é o mesmo. O que muda é a forma como a construção é realizada. Os chamados prédios verdes, por exemplo, são uma tendência que veio para ficar.

Assim, o conceito tem 5 bases:

1. Projetos Inteligentes

Melhor aproveitamento dos recursos, como iluminação natural. Projetos de engenharia civil e arquitetura alinhados para garantir construção sustentável do papel à conclusão da obra.

2. Redução da Poluição

Para reduzir a poluição:

  • Redução do desperdício com o melhor aproveitamento dos materiais que iriam para o lixo.
  • Uso de ferramentas e estruturas inteligentes que podem ser reutilizadas.
  • Armazenamento de sobras de materiais, como tijolos, pedaços de madeira, para usar em outras obras.
  • Enviado para a reciclagem o que ainda puder ganhar vida útil.

3. Materiais Ecológicos

É essencial para a Construção Sustentável usar materiais ecológicos: madeira de reflorestamento, concreto e plástico reciclados, entre outros materiais que provavelmente iriam para o lixo.

4. Eficiência Energética

Na Construção Sustentável, as casas e prédios são mais econômicos com a eficiência energética: energia solar, lâmpadas e eletrodomésticos mais econômicos e maneiras sustentáveis de poupar recursos.

5. Aproveitamento da Água

Um bom exemplo é estocar água das chuvas. O desperdício também pode ser evitado através do uso de encanamentos de maior resistência. Modelos de torneiras mais eficientes também são uma solução.

 

O fato é que o impacto da construção civil no meio ambiente só irá diminuir quando essas medidas forem colocadas em prática com cada vez mais frequência. E as construtoras ainda obtêm economia com os custos das obras.

Observa-se, portanto, a importância de mudar a forma como a construção civil acontece no Brasil. E assim, abrir espaço para a Construção Sustentável se tornar um modo comum de construir.